segunda-feira, 5 de outubro de 2015

"A GENTE NÃO DESISTE DO QUE QUER, A GENTE DESISTE DO QUE DÓI. DOS LAÇOS QUE MACHUCAM, DA INDIFERENÇA QUE MALTRATA, DA INCONSTÂNCIA QUE PERTURBA."